Abdominoplastia (abdome)

A estética abdominal acompanhou os ditames da moda ao longo de diferentes épocas. Em séculos passados, a indumentária com roupas abundantes e uso de espartilho fizeram que houvesse pouco interesse nesta região. As técnicas mais antigas não tinham muita preocupação com o tamanho e localização da cicatriz. Há relatos de cicatrizes bizarras como em formato de cruz no meio do abdome. >>

Braquioplastia (braço)

A braquioplastia é a cirurgia estética nos braço e existem basicamente dois tipos de procedimento. A lipoaspiração é indicada para acúmulo de gordura localizada com boa elasticidade da pele. A dermolipectomia braquial é indicada para flacidez. Deixa uma cicatriz longitudinal ao longo da face interna do braço e outra transversal perto da prega axilar. >>

Cirurgia íntima feminina

Nos últimos anos, há uma maior procura de cirurgias que visam melhorar a estética da genitália feminina. O motivo é uma melhor informação sobre a cirurgia íntima, que em sua maioria é realizada sob anestesia local. >>

Dermolipectomia de coxa

É a retirado de excesso de pele e subcutâneo de coxa conforme o grau de flacidez. Os casos mais freqüentes são o excesso na parte interna e superior, porém as situações variam para flacidez de joelho até a flacidez generalizada. As demolipectomias podem ser localizadas na parte superior e interna da coxa ou dos joelhos, ou atingir vastas áreas com retiradas verticais na parte interna. A cicatriz varia desde discreta na “raiz” da coxa até em forma de “H” unindo as ressecções superiores e inferiores. >>

Cirurgia após grande perda de peso

O aumento da incidência da obesidade e dos problemas à saúde secundários a ela aperfeiçoou os tratamentos desta patologia. Atualmente são comuns indivíduos que conseguiram emagrecer mais de 40 kg por meio de tratamento clínico ou de cirurgia bariátrica. Quase sempre a pele não resiste; apresenta atrofia da derme, perda de elasticidade, ruptura da estrutura do colágeno e excesso generalizado. Estas sobras acometem qualquer região, mas são mais evidentes nos braços, mamas, abdome e coxa. >>

Cosmiatria e tratamentos não cirúrgicos

Alguns procedimentos realizados em consultório são importantes e devem fazer parte de uma programação contínua para a estética facial e corporal. Desta forma, aliados à alimentação saudável e à pratica de exercícios regulares, não será reservada à cirurgia a resolução de todos os problemas estéticos. Destaco aqui os cuidados com a saúde da pele, ultrassonografia corporal, endermologia, massagens, drenagem linfática, peelings químicos, preenchimentos e toxina botulínica. >>

Ritidoplastia (face)

A face é a identidade do indivíduo, pois, quando falamos o nome de alguém conhecido, é de sua face que lembramos. A face harmônica transmite beleza, saúde e jovialidade. O envelhecimento facial é sentido graças à mudança na qualidade da pele, na flacidez dos tecidos e à atrofia de partes moles e óssea. >>

Gluteoplastias (glúteos)

Os glúteos têm impacto estético para a visão posterior do corpo tal qual a mama para a anterior e, de perfil, assume importância máxima no equilíbrio da silhueta. A beleza desta região depende tanto do próprio formato do glúteo, como também de sua transição com as áreas vizinhas (abdome, coxa e região lombar). A forma do glúteo tem influência hereditária (forma da bacia), mas é igualmente dependente da musculatura e tecido adiposo. >>

Lipoaspiração e lipoescultura

A lipoaspiração surgiu na década de 80 na França e deu um salto de qualidade na cirurgia estética corporal. Seu princípio continua o mesmo: por meio de pequenas incisões, introdução de cânula e sucção da gordura. A partir de então, com a evolução da técnica, surgiram vários nomes que confundem muita gente (hidrolipo, lipolight, lipoescultura, lipo seca, lipo úmida, etc.). Vamos então falar sobre as evoluções. >>

Mamaplastias (mamas), Protese de silicone

Belas, curvilíneas, elegantemente dispostas no tórax, as mamas são o símbolo maior da feminilidade. A Cirurgia Plástica reserva uma atenção especial para elas. >>

Rinoplastia (nariz)

O nariz está bem no centro da face e, no perfil, sua ponta é a estrutura mais proeminente. Sua parte superior é óssea, imóvel; seus dois terços inferiores têm esqueleto cartilaginoso, móvel. Além de conferir beleza à face, possui a função de entrada e saída do ar do sistema respiratório, umidificando-o e aquecendo-o, e participa das funções de olfato e fonação. >>

Orelha (otoplastia)

A orelha localiza-se na região lateral da face. Sua forma cheia de relevo provém da cartilagem auricular. Existem várias deformidades auriculares, contudo a orelha de abano é a mais freqüente. Ela é caracterizada pelo exagerado afastamento do crânio. A orelha passa a ser demasiadamente notada na visão frontal. Uma faixa etária em especial se incomoda com esta condição: a criança ou adolescente na fase escolar. >>

Blefaroplastia (pálpebras)

As pálpebras emolduram o olhar. Os sinais de envelhecimento atingem precocemente esta área com rugas abaulamento e depressões. Estas alterações ocasionam um semblante cansado e abatido. Dividiremos então esta área em fenda palpebral, pálpebras e sobrancelha. >>

Prótese de panturrilha

O interesse pela melhora estética das pernas vem crescendo a partir de consolidação da técnica cirúrgica nesta região por meio de fabricação de próteses específicas e definição de plano anatômico ideal para o implante. >>

Transplante de cabelo

A calvície é um fenômeno fisiológico e natural que está determinada por fatores hereditários. Quando se estabelece em idade jovem, provoca uma aparência mais velha mesmo que não existam ainda outros sinais como flacidez ou rugas. Vale salientar que há outros tipos de calvície (disfunções hormonais, secundária a medicações como quimioterápicos, autoimunes, etc.) cuja causa deve ser pesquisada antes de qualquer tratamento ser proposto. >>

 

© 2011. JASON CIRURGIA PLÁSTICA. Todos os direitos reservados

RS Web Interactive: Criação de sites